7 DICAS PARA CUIDAR DO CORPO E DA PELE APÓS A GRAVIDEZ

Hoje em dia, com a evolução da medicina estética, todos esses problemas podem ser facilmente combatidos com alguns tratamentos estéticos pós-parto. "Geralmente, após um mês do nascimento os tratamentos podem ser iniciados. Há casos onde o encaminhamento pode ocorrer até a partir dos quinze ou vinte dias", diz a médica com pós-graduada em dermatologia Silvia Takakuwa, da Clínica Medical Laser.
No entanto, a especialista alerta para os cuidados que se deve ter ao escolher o tratamento, principalmente no período de amamentação, pois o uso de produtos ou massagens pode acabar afetando o leite materno.. "O mais indicado é que a mulher aguarde o primeiro mês em casa. Neste período ela já vai perder peso com a amamentação e eliminação da retenção de líquido e gordura. Mas se a mamãe for mais impaciente, pode começar por uma drenagem linfática, que ajuda a desinchar", recomenda Silvia Takakuwa.

Continue Lendo

COMO AJUDAR NO DESENVOLVIMENTO DA INTELIGÊNCIA DO SEU BEBÊ

O ambiente inclui uma gravidez tranquila, uma dieta balanceada, ausência de infecções graves, evitar cigarro, álcool, medicamentos sem orientação especializada, etc. Além de todos esses cuidados, é também recomendado um ambiente rico em vivências e estímulos por todas as vias sensitivas do cérebro do bebê (visão, audição, tato, olfato e o paladar).

Continue Lendo

TRATAMENTOS PARA ESCULPIR SUAS CURVAS

Indermoterapia:
A Indermoterapia é um tratamento que constitui uma drenagem linfática similar à manual, porém feita com um equipamento eletrônico. A diferença entre a Indermoterapia e a drenagem manual se dá pelo grau do problema do paciente. A primeira age com uma sucção que promove pressão negativa, a qual traz o sangue para a superfície, oxigenando o tecido. O resultado é a melhora do aspecto da pele, além de ajudar a modelar o corpo, coisa que a massagem não faz com tanta precisão.

Continue Lendo

ALERGIA ALIMENTAR INFANTIL: COMO TRATAR?

A primeira opção é muitas vezes buscar o médico especialista no problema apresentado através do sintoma. Porém, a causa pode estar diretamente ligada à ingestão de alimentos.
“Algumas crianças desenvolvem alergias inclusive ao próprio leite materno, isso ocorre por meio do transporte das propriedades alimentares da dieta da mãe para o bebê. “Nesses casos, o diagnóstico do problema pode ser ainda mais difícil, se a família não buscar uma orientação médica adequada”, reforça Liliane.

Continue Lendo

FILHO ADOTIVO: QUANDO CONTAR A VERDADE

O processo de adoção é demorado e delicado, e requer que os pais participem de cursos preparatórios para adotar uma criança, além de estarem cientes do motivo que os dispõe a isso.
Antes de mais nada, cada pessoa, deve ter bem claro para si mesma, as razões pelas quais deseja realizar a adoção. E são muitos os motivos que podem levar uma pessoa a querer adotar uma criança, pois sempre podem estar relacionados ao desejo de constituir uma família, seja ela formada por casais de sexos opostos ou não e também de pessoas que vivem sozinhas. O desejo de formar uma família sempre encabeça a lista dessas causas. Entretanto, as questões individuais de cada envolvido permeiam a adoção, e é ai que vemos a culpa, o desejo de fazer o bem, o medo de não ter alguém para servir de amparo na velhice, entre outros tantos motivos, agregarem essa lista. Por isso, é fundamental que as pessoas entrem em contato com suas questões para que tenham muito claros os diversos aspectos, bem como suas limitações relacionadas à adoção.

Continue Lendo

Redes Sociais

Contato

  • 11 5031-4807
  • contato@materlife.com.br
  • Central de Atendimento
  • Segunda à Sexta-feira das 9hs às 18hs